A importância do seu voto

“Quando se multiplicam os justos, regozija-se o povo; mas quando o perverso toma o governo, o povo geme” - Provérbios 29:2



Às vésperas de uma eleição, falar em política  provoca arrepios: corrupção, impunidade, passividade do povo, motivação espúria dos governantes.  Atos de descaso e desvio de dinheiro público sendo sinalizados pela mídia investigativa e não pelos Órgãos Públicos que existem para esse fim. Ouvir nossos governantes dizerem que “não viram nada” e “não sabem de nada”. Candidatos com mais embates do que debates. Contudo,  temos de positivo  o exercício da cidadania e a importância do nosso voto: Voto não tem preço, tem consequência! Voto nulo é nulo, não anula eleição, não serve como protesto, não vale nada! Por isso se apresente e faça a sua parte – o seu voto é essencial para modificar o país:

"O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética... O que me preocupa é o silêncio dos bons“ - Martin Luther King;

Se votares nas reformas de que o Brasil tanto necessita, não serão os eleitos que te agradecerão, e sim os teus filhos e as gerações futuras” - Frei Beto;

Como cristãos, somos chamados a ver a realidade brasileira, à medida do possível, na perspectiva de Deus, a pensar “o que precisa ser mudado para que o Brasil se pareça mais com o plano de Deus para toda a humanidade”. Isso exclui dois tipos de voto: o voto interesseiro, egoísta (o que é bom para mim, para minha classe, minha profissão, meu estado etc.), e o voto “irmão” (que visa apenas os interesses da comunidade evangélica). Os critérios do reino de Deus, o projeto divino para a humanidade, devem prevalecer” - Paul Freston.

O que você pode fazer faça bem feito e com a motivação correta: vote consciente! (Eclesiastes 9:10).

Pastor Sebastião Cezar
Devocional Direto da Fonte

0 Responses